Audiência pública discute problema da falta de água na Triolândia

RIBEIRÃO DO PINHAL, terça, 19 de junho de 2018
Audiência pública discute problema da falta de água na Triolândia

As falhas no abastecimento de água no distrito da Triolândia foram debatidas durante uma audiência pública realizada na noite de sexta-feira (08), na sala de contra turno da Escola da Triolândia.

A audiência promovida pela Prefeitura Municipal contou com a presença dos representantes da Sanepar e da Copel para esclarecer as responsabilidades desse problema, que tem afligido os moradores com a falta de água, por várias vezes no mês. Também estiveram presentes o prefeito Wagner Martins, o chefe de gabinete, Eneucino Iel, os vereadores Hélio Lopes da Silva, Pedro Renildo Otávio, Reginaldo Terra e Rodrigo Lanini Borges, e representantes da comunidade.

Segundo o prefeito Wagner a iniciativa de marcar essa audiência foi para analisar posicionamentos e abrir espaço para população expor para as empresas esse problema da falta de água. "Nosso objetivo é promover o diálogo entre os moradores e as empresas envolvidas, direta ou indiretamente no problema da falta de água e cobrar soluções viáveis e que sejam providenciadas o mais rápido possível", afirmou o chefe do Executivo.  

O gerente regional da Sanepar em Cornélio Procópio, Bráulio Lozano Leonel, explicou que recentemente foram investido R$ 700 mil em melhorias na abastecimento do distrito e que continuam buscando alternativas para promover outros avanços. A Sanepar alega que os cortes no abastecimento acontecem quando há falta de energia, a bomba desliga  e depende de um funcionário para religa-la. "Nosso funcionário revisa o sistema todos os dias pela manhã de segunda a sexta-feira e fica de sobreaviso nos finais de semana. Quando algum problema é detectado o funcionário toma as providências para solucionar, porque o sistema não religa automaticamente", esclarece Leonel.

Outro problema que segundo os representantes da Sanepar faz os cortes no abastecimento afetarem mais a população seria porque 60% dos moradores do distrito não dispõem de caixa d'água na residência. Uma das alternativas seria priorizar os moradores em um dos programas da empresa para receberem a doação dos reservatórios. Entretanto, no momento essa possibilidade não é possível devido ao período eleitoral. É necessário esperar.

Do outro lado o gerente regional da Copel, Edson Bandeira, informou que nesse ano de 2018 só aconteceu uma interrupção significativa, no mês de janeiro, com uma queda de eucaliptos na rede, depois só foram registradas falhas momentâneas. Segundo os relatórios da empresa cerca de 25 no total nesse ano, que é considerado dentro da normalidade para os padrões da Copel. "A qualidade no fornecimento de energia no distrito é considerado bom, visto que o local tem várias empresas de olaria que dependem da energia para funcionarem. As falhas, são desligamentos rápidos para proteger o sistema em situações de risco, mas que o religamento é automático", afirmou Bandeira.

Os moradores, os representantes do executivo e do legislativo questionaram a Sanepar sobre o que seria possível fazer para solucionar o problema. Inclusive um abaixo-assinado está sendo preparado para encaminhar a central em Curitiba cobrando soluções. Foi cogitada a ideia de um gerador para garantir que o sistema não desligue quando acontece a queda na rede elétrica, mas essa alternativa teria um alto custo, que não seria viável. Outra possibilidade seria em um sistema com religamento automático, para evitar a dependência da revisão manual, que atrasa o retorno do abastecimento.

O gerente da Sanepar, reforçou que alternativas estão sendo estudadas para melhorar o abastecimento. "Várias melhorias tem sido feitas nos últimos anos, mas estamos analisando o que ainda pode ser melhorado e nos colocamos a disposição, inclusive com nossos números de celulares particulares para atender os moradores", completou Leonel.

________

Assessoria de Comunicação

(09/06/2018)

DADOS DA PREFEITURA
76.968.064/0001-42
MUNICIPIO DE RIBEIRAO DO PINHAL
ENDEREÇO
Endereço: Rua Paraná, 983 - Centro- RIBEIRÃO DO PINHAL/PR
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Manhã: 08:00 as 11:30
Tarde:13:00 as 17:00
E-MAIL/TELEFONE
administracao@ribeiraodopinhal.pr.gov.br
(43)3551-8300