MP promove debate sobre implantação do Programa Família Acolhedora

RIBEIRÃO DO PINHAL, terça, 24 de abril de 2018
MP promove debate sobre implantação do Programa Família Acolhedora

A Comarca de Ribeirão do Pinhal, formada pelos municípios de Abatiá, Jundiaí do Sul e Ribeirão do Pinhal, deu início à implantação do Programa da Família Acolhedora. Como parte do processo, o Ministério Público, em parceria com a Prefeitura de Ribeirão do Pinhal, promoveu nesta segunda-feira (09), no Centro Cultural, a audiência pública para debater com membros da comunidade dos três municípios pontos importantes do programa.

O promotor de Justiça, José Paulo Montesino Gomes da Silva, abriu a audiência falando sobre a importância do Programa Família Acolhedora e de como o processo de implantação tem caminhado aqui na Comarca. "São muitas as dificuldades para dar assistência adequada a essas crianças que já estão vivendo um momento difícil e precisávamos tomar uma providência para garantir o melhor para os três municípios. Essas medidas poderiam ter sido impostas, mas conseguimos chegar a um consenso pelo diálogo. Conversei com os três prefeitos sobre o programa e eles abraçaram a ideia. As Leis que regulamentam o programa em cada municípios já foram aprovadas e agora vamos dar continuidade", explicou o magistrado.

O prefeito de Ribeirão do Pinhal, Wagner Martins, ressaltou o quanto conhecer mais sobre o programa é importante para entender como seria uma boa alternativa. "O primeiro contato pode gerar um preconceito em relação as dificuldades que podem estar associadas, mas conhecendo mais a fundo, em reuniões como essa audiência pública, as pessoas podem entender que é um programa que vai trazer inúmeros benefícios para cuidar com maior atenção de nossas crianças e adolescentes em situação de risco. Por mais que a casa abrigo tenha estrutura e bons profissionais, nada substitui a relação humana que acontece numa família", complementou Martins 

A secretaria Municipal de Educação e Abatiá e também primeira dama, Anivalda Negrão - representando o prefeito, Nelson Garcia Júnior - parabenizou a iniciativa e falou sobre a importância das famílias para desenvolvimento das crianças e adolescentes.

"Acreditamos que esse é o melhor caminho para nossas crianças, vítimas de situações que lhes roubaram a dignidade, terem a oportunidade de conhecer a experiência de um verdadeiro convívio familiar", afirmou o prefeito de Jundiaí do Sul, Eclair Rauen.

Segundo o promotor apenas 20 municípios em todo o estado do Paraná já tem o programa implantado, atendendo aproximadamente 130 crianças. Um número pequeno diante da dimensão do problema.

A assistente Social e Coordenadora do Programa Família Acolhedora da cidade de Cascavel Neusa Eli Figueiredo Cerutti participou da audiência e falou um pouco da experiência de trabalhar com o programa no município que tem apresentado os resultados mais positivos. "Nesses dez anos que trabalho com o Família Acolhedora me sinto privilegiada em poder devolver a esperança a essas crianças. No Brasil são 47 mil crianças e adolescentes estão em situação de acolhimento,vivendo sem perspectiva. Cada vez mais vejo o quanto as crianças precisam de família e não de abrigo, pois é na família que nos construímos como sujeito", salientou.

 Este é um programa de acolhimento em que famílias são cadastradas e preparadas para acolher temporariamente, em suas residências, crianças e/ou adolescentes afastados da família de origem. Do ponto de vista legal, deve organizar-se segundo os princípios e diretrizes do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). O acolhimento é provisório, até que seja viabilizada uma solução de caráter permanente para a criança ou adolescente - reintegração familiar ou, excepcionalmente, adoção.

A equipe técnica, durante esta segunda e terça-feiras, recebeu treinamento sobre a atuação do programa. O próximo passo será começar a selecionar as famílias interessadas em participar do programa.

Estiveram presentes secretários municipais de assistência social, membros da equipe técnica que vão trabalhar com o programa, conselheiros tutelares e pessoas da comunidade, dos três municípios que compõem a Comarca.

-----

Assessoria de comunicação

(10/04/2018)



DADOS DA PREFEITURA
76.968.064/0001-42
MUNICIPIO DE RIBEIRAO DO PINHAL
ENDEREÇO
Endereço: Rua Paraná, 983 - Centro- RIBEIRÃO DO PINHAL/PR
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Manhã: 08:00 as 11:30
Tarde:13:00 as 17:00
E-MAIL/TELEFONE
administracao@ribeiraodopinhal.pr.gov.br
(43)3551-8300