:. PREFEITURA MUNICIPAL .:. Site oficial do Poder Executivo .:. Página Principal - A cidade, notícias, informação, história e muito mais sobre nosso município!

HISTÓRIA

Versão para celular


Em 28 de abril de 1923, José Domigues Faustino, chefiando uma caravana, partiu das margens do Rio Cinzas, levando sua família composta por 8 filhos e esposa, e mais os companheiros Emílio Proença, Francisco, Joaquim e Virgílio. De picada em picada, no dia 03 de maio do mesmo ano, acamparam na Fazenda Santa Rita, onde por diversas vezes foram moletados pelos índios coroados, que assaltavam e roubavam as roças e mantimentos. A medida que os gentios iam-se afastando, a família de José Domingues aproximava-se do local onde nasceria Ribeirão do Pinhal.


 


Em 26 de junho do memo ano, a familia Faustino e companheiros chegaram ao local onde hoje é Ribeirão do Pinhal, que recebeu o nome inicialmente de Espírito Santo do Pinhal em homenagem a data natalícia de José Domingues Faustino comemorado dia 29 de junho dia consagrado ao Espírito Santo .


 


Posteriormente, chegaram Manoel Bonifácio e seu irmão Ber- nardino em junho de 1924. O povoado foi se desenvolvendo e, em 20/10/1938, pelo Decreto-Lei nº7573, do interventor Manoel Ribas, cria o Distrito de Pinhal, desmembrado do Distrito de Jundiaí, no município de Santo Antônio da Platina. O Decreto-Lei nº199, de 30/12/43, muda a denominação do distrito de Pinhal para Laranjinha. Pela Lei estadual nº2, de 10/10/1947, foi criado o novo município já com a denominação de Ribeirão do Pinhal.


 


DISTRITOS: Ribeirão do Pinhal e Triolândia. O Distrito da Triolância foi criado pela Lei Municipal nº7959, de 21 de novembro de 1984. TOPÕNIMOS: Pinhal, Laranjinha e Ribeirão do Pinhal.


 


Gentílico: ribeiro-pinhalense






Notícia do dia: 17/05/2016
Avaliação da notícia:
PessimoRuimBomÓtimoExcelente
total de votos: 3

Nenhum comentário cadastrado no momento!



 

Pesquisar

Contato

Imprimir esta página

Copyright © Prefeitura Municipal - Todos os Direitos Reservados