Creches recebem obras para reformas

 


A Prefeitura de Ribeirão do Pinhal está realizando uma série de obras de melhorias estruturais nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). As obras estão em fase final no CMEI Pequeno Príncipe, do distrito da Triolândia e no CMEI Vó Zaíde. Na sequência o CMEI Cônego Wenceslau Victor recebe a equipe da Secretaria Municipal de Obras.  Segundo a secretária Municipal de Educação e Cultura, Terezinha de Campos Silva, o objetivo destas obras é garantir mais segurança e qualidade para os gestores, professores e principalmente as crianças. O investimento é de aproximadamente R$ 120 mil, proveniente de transferência direta do Governo Federal para manutenção da Educação Infantil, dividido entre as instituições de educação infantil.


O CMEI Pequeno Príncipe, do distrito da Triolândia, têm 62 alunos e teve as atividades paralisadas porque foi necessário fazer reparos no telhado, trocar o forro, que era de madeira e estava podre, por PVC, trocar a caixa d’ água, construir uma sala de professores, uma para direção.  A previsão é que antes do final de agosto as atividades sejam retomadas. “As reformas eram urgentes, pois havia uma preocupação muito grande dos pais e professores com o risco de queda do telhado, que estava muito comprometido”, afirma a secretária.


No CMEI Vó Zaíde são 103 alunos, mas as aulas não foram interrompidas. Foi feito uma cobertura e paredes laterais entre os dois prédios para criar um novo refeitório e uma varanda para proteger a entrada da chuva, pois em dias chuvosos a água adentrava o prédio. Na entrada que funciona como refeitório será um espaço para atender os pais com uma janela para facilitar o acesso a secretária.


No CMEI Cônego Wenceslau Victor será feita uma ampliação do refeitório e corredor coberto para acesso a este refeitório.


Questionada pelos pais da possibilidade destas obras serem realizadas no período das férias de dezembro, a secretária Terezinha explicou que o recurso para essas obras vieram no ano passado, mas as obras não foram realizadas. Nesse ano foi conseguido retornar com esse recurso, porém as obras não poderiam ser adiadas novamente porque comprometeriam os prazos de prestação de contas e o recurso teriam que ser devolvido ao Governo Federal, mesmo que as obras estivessem em andamento.


O prefeito Wagner Martins reforçou a preocupação em proporcionar espaços apropriados para acolher as crianças. “A educação com qualidade é uma prioridade desta gestão e cuidar da infraestrutura é o início para garantir o bem estar das crianças, professores e funcionários durante sua permanência na escola”, ressalta.


 


-----


 


Assessoria de Comunicação


(18/08/2017)


 


Avaliação da notícia:
PessimoRuimBomÓtimoExcelente
total de votos:

- Antes

- Depois

- Mais Fotos

Comentários:
Nenhum comentário cadastrado no momento!